“Arouca vai catapultar-se e ser um caso de estudo nacional de desenvolvimento sustentável e de sucesso”, refere o candidato da coligação “Somos Arouca” à Câmara Municipal “Arouca vai catapultar-se e ser um caso de estudo nacional de desenvolvimento sustentável e de sucesso”, refere o candidato da coligação “Somos Arouca” à Câmara Municipal D. R

Arouca, 4 de Setembro de 2017 

Por Redacção

Fernando Mendes preparado para pôr mãos à obra na Câmara de Arouca

O candidato da coligação “Somos Arouca” à Câmara Municipal, Fernando Mendes, anunciou as 30 medidas para os primeiros 100 dias de mandato, caso seja eleito nas “autárquicas” do próximo dia 01 de Outubro.

Este é um compromisso que faço com os arouquenses, cuja dimensão atravessa os diferentes pelouros municipais. Não podemos perder tempo e, por isso, estamos preparados para pôr mãos à obra”, afirmou.

Neste pacto com os eleitores, Fernando Mendes assegura que “a tarefa é motivadora” quando tem a seu lado uma equipa multidisciplinar que se revela “coesa, solidária e de grande capacidade de trabalho”.

As 30 medidas constam do programa da coligação “Somos Arouca” – documento coordenado por Vítor Carvalho, número dois da lista de candidatos à autarquia – que se baseia num modelo de governação participativo e colaborativo, tendo como pedra basilar o desenvolvimento sustentável, assente em quatro pilares: governança e eficiência colectiva, desenvolvimento económico, coesão social e protecção e valorização do ambiente.

A nossa agenda vai firmar-se num princípio básico e simples: colocar Arouca em primeiro lugar, seguindo uma estratégia concertada, coerente e com o envolvimento dos diferentes agentes do território”, disse Vítor Carvalho, salientando que a primeira das medidas reveladas será determinante para o futuro do município: o início da elaboração do Plano de Desenvolvimento Estratégico para Arouca – 2017/2027, a apresentar em Abril do próximo ano.

Será um instrumento de natureza estrutural e estruturante para a condução da acção do município para os próximos 10 anos, fixando a visão de desenvolvimento ambicionada para o concelho nesse horizonte temporal, bem como a definição das principais prioridades e plano de acção”, salientou.

Releve-se ainda que este documento será elaborado pela nossa equipa, que é uma equipa multifacetada e com competências técnicas de enorme qualidade, bem como com a equipa técnica actualmente na Câmara Municipal, também ela com competências técnicas extraordinárias. Ou seja, faremos este plano sem recurso a serviços externos”, reforçou Vítor Carvalho.

O projecto ‘Somos Arouca’ está seriamente empenhado em desenvolver para Arouca um plano estratégico sustentável, sério e competente, reforçando a competitividade e melhorando a qualidade de vida de todos os arouquenses”, adiantou Fernando Mendes. “Arouca vai catapultar-se e ser um caso de estudo nacional de desenvolvimento sustentável e de sucesso”, acrescenta.