O empresário foi um exemplo de apoio à preservação da Língua e da Cultura portuguesas O empresário foi um exemplo de apoio à preservação da Língua e da Cultura portuguesas D. R.

Região, 16 de Julho de 2015 

Por Redacção

Morreu Edward Cruz

Faleceu na passada terça-feira, aos 73 anos, nos Estados Unidos da América, o empresário Edward Cruz, um dos maiores industriais de obras públicas e um exemplo de apoio à preservação da Língua e da Cultura portuguesas.

Natural da aldeia da Carmaneira, Cantanhede, emigrou aos nove anos, seguindo das pesadas dos pais e avós.

Licenciou-se em engenharia civil no Newark College de Engineering e, logo após, inicia uma carreira empresarial de êxitos, como CEO na Cruz Construction Company e na E.E. Cruz, durante anos consideradas das maiores empresas de construção civil da América.

Dedicado às obras públicas especializou-se na construção de pontes, viadutos, túneis e em obras de grandes dimensões, designadamente na Columbia University, em Nova Iorque, ou o Memorial do 11 de Setembro. Entretanto, tem uma intensa vida social privando em receções a vários Presidentes dos EUA, como Gerald Ford, Bush (pai), Bill Clinton e Barack Obama, manifestando sempre a sua admiração pelas comunidades emigradas, a exemplo do seu pai que foi um incansável lutador pela igualdade salarial e de direitos dos emigrantes.

Em dada altura da sua vida privou com Anthony Marques, também ele um grande construtor de obras públicas, o qual mandou construir o hotel Digthon, em Oliveira de Azeméis, terra de onde era natural.

Paralelamente ao sucesso industrial, Edward Cruz (Adérito Cruz) desenvolve uma intensa atividade no apoio a inúmeras coletividades de ensino e cultura, em várias cidades do Estado de Nova Jérsia, quer da comunidade portuguesa quer norte-americana, tendo na maioria das vezes solicitado anonimato nas suas ações de benemerência.

Recentemente, escreveu com Alexandra Farela o livro de memórias, com o título “Corajosa Jornada” na edição portuguesa, onde é relatado minuciosamente o percurso da sua vida.

Um Memorial durante o qual lhe será prestada homenagem, terá lugar na próxima quarta-feira, entre as 16 e as 18 horas, na Performing Arts Center, em Newark (EUA).