Empreendedoras recebem 2.500 euros para o lançamento do seu sonho. Distinções no feminino marcaram edição deste ano do concurso Empreendedoras recebem 2.500 euros para o lançamento do seu sonho. Distinções no feminino marcaram edição deste ano do concurso D. R.

Economia, 15 de Abril de 2015 

Por Alberto Oliveira e Silva

Ideia para levar o Pão de Ul ao país vence “Azeméis Youth Business”

O projecto “Up – Pão de Ul para Portugal”, que se propõe distribuir este famoso pão do Concelho de Oliveira de Azeméis por todo o país, foi a ideia de negócio triunfadora da terceira edição do Concurso “Azeméis Youth Business”, promovido pela Câmara Municipal das Terras de La Salette e pela AECOA (Associação Empresarial do Concelho de Oliveira de Azeméis).

Seis ideias chegaram à final e três delas foram distinguidas com “menções honrosas”: “Educar para Prevenir”, de Sabrina Ferreira e Bárbara Pereira, virada para a enfermagem e dirigida para a saúde escolar; “Consultoria em Gestão de Lares”, de Joana Ferreira, que visa “alterar a filosofia e o paradigma relativo ao envelhecimento em lares da terceira idade; e “MC Malas”, de Manuela Correia, que tem o objectivo de criar uma empresa que produza “embalagens inovadoras sob a forma de malas de senhora”.

A ideia vencedora, a “Up – Pão de Ul para Portugal” levará à criação de uma firma que terá por missão distribuir e vender aquele património gastronómico oliveirense, “com recursos às novas tecnologias e às novas formas de comércio”.

Ana Sofia, Mariana Monte, Mónica Silva e Patrícia Rodrigues são as potenciais empreendedoras, que, ao arrebatarem o “Azeméis Youth Business”, receberão um prémio pecuniário no valor total de 2.500 euros: 500 euros no imediato e dois mil euros aquando da constituição da empresa.

Esta iniciativa tem o objectivo de promover o empreendedorismo e contribuir para a criação de postos de trabalho no concelho”, salientou Hermínio Loureiro.

O presidente da autarquia considerou que o concurso “tem os genes de Oliveira de Azeméis”, puxando dos galões concelhios em termos de dinamismo empresarial. Disse que os produtos “made in Terras de La Salette” são “marca e referência nacionais”.

Pedro Marques, vereador da juventude e do desenvolvimento, sublinhou “a importância crescente” deste certame, acentuando a atractividade que exerce junto da juventude oliveirense. Também destacou o facto de muitos projectos terem como base produtos do município, que, através da concretização das ideias de negócios, poderão ser promovidos em todo o país.

O júri do Concurso “Azeméis Youth Business” integrou personalidades dos meios autárquico, empresarial e educativo/formativo.