Com direcção de Júlio Cardoso e interpretação de Rui Spranger, esta é uma produção da prestigiada companhia Seiva Trupe Com direcção de Júlio Cardoso e interpretação de Rui Spranger, esta é uma produção da prestigiada companhia Seiva Trupe D. R.

Cultura, 3 de Fevereiro de 2015 

Por Redacção

Seiva Trupe estreia-se na Casa da Criatividade

A peça de teatro “As Mãos de Eurídice”, de Pedro Bloch, está na Casa da Criatividade, em S. João da Madeira, neste sábado, às 21:30. Com direcção de Júlio Cardoso e interpretação de Rui Spranger, esta é uma produção da prestigiada companhia Seiva Trupe, que assim se estreia nesta sala de espectáculos sanjoanense.

Esta é uma peça premiada que se centra nas “desventuras do escritor Gracindo Tavares que decide abandonar a família e fugir com Eurídice, uma jovem bela e ambiciosa”. Quando, após sete anos de ausência, decide voltar ao lar, “já muita água tinha corrido debaixo das pontes…

Originária do Brasil, onde estreou por volta de 1950, esta peça obteve de imediato um enorme sucesso, passando por inúmeros teatros brasileiros e de vários outros países. Por todo o mundo, conta com mais de 800 mil de representações.

Os bilhetes para “As Mãos de Eurídice” (M 12 anos)  podem ser adquiridos na internet (clicando em http://cmsjm.bilheteiraonline.pt/), nas lojas FNAC, no CTT, na Worten do 8ª Avenida, no El Corte Ingles, nos Paços da Cultura de S. João da Madeira e na Casa da Criatividade.