Banda tem actuado em conjunto com ranchos folclóricos Banda tem actuado em conjunto com ranchos folclóricos Patrícia Ferreira

Cultura, 1 de Setembro de 2014 

Por EDVI

Irreverência dos Karrossel difunde e valoriza etnografia local

A participação no projecto Há Festa na Aldeia por parte dos Karrossel abre “um novo ciclo” na trajectória desta banda, que lançou no último mês o seu primeiro trabalho discográfico.

O Há Festa na Aldeia permitiu-nos contactar com diferentes realidades em cinco aldeias fantásticas. A interligação mantida com os ranchos folclóricos está a enriquecer o reportório do grupo, abrindo, nesse sentido, um novo ciclo na nossa carreira”, afirma Hugo Osga, o rosto da banda.

Os Karrossel, que preparam o próximo concerto em conjunto com o Rancho Folclórico de São Pedro de Canedo – marcado para a noite de 13 de Setembro -, distinguem-se, entre outros predicados, pela sua irreverência musical em palco, gerando facilmente cumplicidade com o público.

Com esta iniciativa pioneira para o grupo, além da experiência humana de trabalharmos com diferentes ranchos, estamos a enriquecer o nosso reportório”, diz Hugo Osga, adiantando esperar que “cada um dos ranchos ‘beba’ com os Karrossel, enriquecendo também as suas actuações”.

De Areja, Couce, Porto Carvoeiro, Ul e Vilarinho de S. Roque – as cinco “Aldeias de Portugal” em Terras de Santa Maria -, o músico leva na bagagem “um Portugal diferente, com gente humilde, hospitaleira, alegre e bem-disposta”, com vontade de voltar.

Esta experiência tem sido incrível, fortalecendo o espírito de união do próprio grupo e criando laços de amizade com membros dos ranchos folclóricos que perdurarão certamente para o futuro. Saímos, por isso, todos muito mais enriquecidos deste projecto”, acrescentou o líder da banda.

Além de Hugo Osga – que executa instrumentos como bul bul tarang, dunus, didgeridoo ou a sanfona -, os Karrossel contam ainda com Ricardo Coelho (gaitas de foles portuguesa, galega, búlgara, francesa, flauta transversal e sopros), Nuno Encarnação (cajon, derbouka, riq e percussões), Sérgio Cardoso (clarinete e flauta transversal) e Andreia Barão (acordeão). Diana Azevedo é a responsável pela recolha e ensino de danças tradicionais.

A banda Karrossel é um dos projectos da MU – Associação Cultural, sedeada no Porto, já com pergaminhos no meio artístico. O trabalho desenvolvido por esta instituição passa, sobretudo, pela pesquisa de divulgação das danças europeias e pela música do mundo.