Pela mão do conhecido e veterano actor espanhol Mario Pardo, António Costa Valente (na foto, à direita) recebeu e agradeceu a distinção Pela mão do conhecido e veterano actor espanhol Mario Pardo, António Costa Valente (na foto, à direita) recebeu e agradeceu a distinção D. R.

Cultura, 9 de Junho de 2014 

Por Redacção

Cine-Clube de Avanca distinguido em Espanha

Na gala de entrega de prémios do “XV Festival Internacional de Cortometrajes de Torrelavega”, em Espanha, o Cine-Clube de Avanca foi distinguido com o “Premio colaboración 2014”.
Sendo o mais antigo e reconhecido festival de cinema da região espanhola da Cantábria, o festival de Torrelavega, que este ano recebeu cerca de 2000 filmes para a sua competição internacional, tem-se transformado numa importante janela do cinema produzido na comunidade autónoma da Cantábria, nomeadamente na cidade de Santander.
A distinção foi atribuída ao Cine-Clube de Avanca e segundo a organização, tendo em conta que “… esta asociación com más de tres décadas de existencia lo que la convierte en una de las más veteranas de Europa.
O festival, que pela primeira vez atribui este prémio a uma organização estrangeira, acrescenta que “... este Premio supone un hito Internacional en su historia al premiar a una asociación que há colaborado com sus cortometrajes en varias ediciones a lo largo de los años.
Pela mão do conhecido e veterano actor espanhol Mario Pardo, António Costa Valente recebeu e agradeceu a distinção em nome do Cine-Clube de Avanca e perante uma assistência que esgotou a plateia do Teatro “Concha Espina”.
Esta distinção premeia uma atividade contínua de produção e promoção de cinema desde Avanca, iniciada em 1975.
Os filmes produzidos pelo Cine-Clube foram distinguidos com mais de 200 prémios em 25 países e têm estado em permanente exibição em festivais e mostras de todo o mundo. Em 2012, os filmes de Avanca foram seleccionados e exibidos 177 vezes em 30 países e já em 2013 este número subiu para 254 vezes, ocupando ecrãs de países dos cinco continentes.
Produzindo cinema de ficção, animação e documentários, o Cine-Clube de Avanca foi responsável pela produção da primeira longa-metragem do cinema de animação português “Até ao tecto do Mundo” e muito recentemente a longa-metragem de ficção “Pecado fatal” de Luís Diogo, foi exibida por todo o país no circuito comercial de cinemas.