O desenvolvimento do sector turístico de Vale de Cambra é um dos desígnios de José Pinheiro, autarca em Vale de Cambra O desenvolvimento do sector turístico de Vale de Cambra é um dos desígnios de José Pinheiro, autarca em Vale de Cambra D. R.

Turismo, 9 de Maio de 2014 

Por Redacção

“Festival da Vitela” reforça estratégia turística de Vale de Cambra

 

O primeiro “Festival Gastronómico da Vitela da Raça Arouquesa” de Vale de Cambra decorre no centro da cidade capital do município, até domingo, em paralelo com a 11ª edição da “Mostra Municipal de Artesanato e Vinhos”.

A organização é da Câmara Municipal, que pretende projectar o concelho através da riqueza gastronómica local. Refira-se que a autarquia conta com a parceria da Associação Nacional de Criadores da Raça Arouquesa (ANCRA).

Mantendo a Mostra Municipal de Artesanato e Vinhos, com a promoção da vitela da raça arouquesa damos o primeiro passo para a inovação e competitividade que nos levará à criação da marca Vale de Cambra”, salientou José Pinheiro.

Acentuando a importância da gastronomia como “cartão-de-visita do município”, o presidente da Câmara sublinhou a vontade de dar visibilidade à produção local. “Queremos expandir, captar esforços, canalizar trabalho, ideias e sugestões”, disse, assinalando a necessidade de “unir a experiência e o empenho” dos agentes económicos locais “em torno de uma causa comum”: a promoção das mais-valias valecambrenses.

O desenvolvimento do sector turístico de Vale de Cambra é um dos desígnios de José Pinheiro. O chefe do executivo municipal aposta na integração do município no território das “Montanhas Mágicas”, que inclui Arouca e o seu Geoparque, bem assim como os predicados serranos e naturais de Sever do Vouga, Castelo de Paiva, Cinfães, Castro D’Aire e S. Pedro do Sul.

Com a gastronomia e os vinhos como pontas-de-lança, pretende, também, dinamizar atractivos como as aldeias tradicionais e os trilhos na natureza.

Tem, ainda, a intenção de estruturar um ciclo que apresente uma grande conferência por ano, “com temas da ordem do dia nacional e internacional”.