Emídio Sousa, autarca de Santa Maria da Feira, oferece par de sapatos a Passos Coelho Emídio Sousa, autarca de Santa Maria da Feira, oferece par de sapatos a Passos Coelho D. R.

Economia, 1 de Abril de 2014 

Por Redacção

Primeiro-ministro elogia “BizFeira”

A Business Network “BizFeira” – uma plataforma digital vocacionada para a internacionalização de empresas que pretende fomentar o negócio activo e colaborativo – pode ser uma experiência a seguir por outros municípios do País, considerou o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.

Santa Maria da Feira é um concelho tradicionalmente muito activo, procurando incentivar o desenvolvimento da sua indústria”, disse. “E esta plataforma é um instrumento importante de negócio, uma ferramenta que as empresas poderão aproveitar para melhorar o seu potencial de crescimento”, salientou.

É indispensável que, nos tempos presentes, os municípios estejam muito atentos a esta dimensão da competitividade“, sublinhou o primeiro-ministro, elogiando a iniciativa da autarquia.

Pedro Passos Coelho falava esta segunda-feira no lançamento da “BizFeira”, que decorreu no Europarque, perante uma sala repleta de empresários.

A plataforma de utilização gratuita (www.bizfeira.com) enquadra-se nas medidas projectadas pela Câmara de Santa Maria da Feira para promover o emprego e a captação de investimento nacional e estrangeiro – exportar, internacionalizar, globalizar, atrair investimento.

Esta plataforma será alimentada e dinamizada pelos feirenses no mundo. Ou seja, por todos aqueles que um pouco por todo o mundo estabeleçam contactos e negócios com Santa Maria da Feira, de uma forma especial os empresários portugueses da diáspora”, afirmou o presidente da autarquia, Emídio Sousa.

Além da “BizFeira”, o projecto de Business Network de Santa Maria da Feira inclui outras duas iniciativas promocionais do território – uma revista e um vídeo.

Estas três ferramentas de comunicação ajudarão a afirmar a nossa tradição industrial e o nosso saber-fazer junto dos mercados internacionais. Mas ajudarão também a atrair investimento para o nosso território”, acrescentou.