Agostinho Branquinho: “Organismos como a ADRITEM permitem-nos tomar decisões mais próximas das comunidades” Agostinho Branquinho: “Organismos como a ADRITEM permitem-nos tomar decisões mais próximas das comunidades” Jornal Público

Oliveira de Azeméis, 11 de Fevereiro de 2014 

Por Redacção

Secretário de Estado destaca papel da ADRITEM no próximo quadro comunitário

O papel de instituições como a Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Terras de Santa Maria (ADRITEM) “vai ser determinante” no decurso do Quadro Comunitário de Apoio 2014-2020, assegurou o secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social, Agostinho Branquinho.

Organismos como a ADRITEM permitem-nos tomar decisões mais próximas das comunidades, uma vez que eles têm um conhecimento muito concreto daquilo que são as realidades das comunidades e dos territórios”, disse.

As decisões devem ser tomadas mais próximas daqueles que vão ser beneficiados por elas e, nesse sentido, este tipo de instituições tem um papel determinante para o sucesso do próximo quadro comunitário de apoio”, sublinhou.

Agostinho Branquinho falava no final de uma visita à Obra Social de S. Martinho da Gândara, no concelho de Oliveira de Azeméis, que inaugurou este sábado a requalificação das suas instalações e um mini bus, projectos que tiveram um investimento na ordem dos 105 mil euros, verba apoiada em 75 por cento pelo Programa de Desenvolvimento Rural (PRODER), através da ADRITEM.