Investimento foi apoiado com verbas do PRODER Investimento foi apoiado com verbas do PRODER D. R.

Oliveira de Azeméis, 11 de Fevereiro de 2014 

Por Redacção

Obra Social de S. Martinho da Gândara requalifica instalações e adquire nova viatura

A Obra Social de S. Martinho da Gândara, no concelho de Oliveira de Azeméis, inaugurou este sábado a requalificação das suas instalações e um mini bus, projectos que tiveram um investimento na ordem dos 105 mil euros, verba apoiada em 75 por cento pelo Programa de Desenvolvimento Rural (PRODER), através da Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Terras de Santa Maria (ADRITEM).

A cerimónia foi presidida pelo secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social, Agostinho Branquinho, que destacou a importância dos melhoramentos para a vida da instituição a funcionar desde 1996. “Hoje é, sem dúvida, um dia importante para a Obra Social de S. Martinho da Gândara”, sintetizou o governante.

É para nós um motivo de orgulho e de satisfação ver mais uma obra concretizada mercê da nossa intervenção”, afirmou o presidente da ADRITEM, Emídio Sousa, salientando que o pacote financeiro disponibilizado pelo PRODER “tem alavancado novos investimentos e projectos como este em terras de Santa Maria”.

O trabalho de parceria que permitiu a concretização de uma das ambições da instituição foi reconhecido pelo presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, Hermínio Loureiro. Para o autarca, este “é o caminho mais fácil para se fazerem as coisas”.

Aqui nesta casa respira-se empreendedorismo social”, fez questão de realçar, não poupando elogios à “gestão rigorosa e transparente” imposta pela equipa directiva da Obra Social de S. Martinho da Gândara, liderada por Arlindo Gomes.

Estamos a falar de uma instituição que é uma referência na freguesia e a vossa presença nesta cerimónia assume-se como um grande incentivo para se continuar a trabalhar desta forma”, referiu o presidente da Junta local, António Marques, dirigindo-se aos convidados, designadamente ao secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social.

O melhoramento da cozinha e a aquisição da nova viatura agora materializados eram dois anseios dos responsáveis da Obra Social de S. Martinho da Gândara, cujas suas valências – creche, pré-escolar, CATL, centro de dia e serviço de apoio domiciliário – movimentam diariamente cerca de duas centenas de utentes.

A cozinha estava num estado tal que estávamos sempre à espera que uma fiscalização qualquer aparecesse e a encerrasse. Por outro lado, esta instituição desde sempre teve no transporte das crianças de casa para os diferentes serviços, e vice-versa, uma das suas mais-valias”, acrescentou Arlindo Gomes.