Actual executivo de José Pinheiro diz que antecessor – José Bastos – não cumpriu acordo de redução da dívida e que município sai penalizado Actual executivo de José Pinheiro diz que antecessor – José Bastos – não cumpriu acordo de redução da dívida e que município sai penalizado D. R.

Sociedade, 3 de Janeiro de 2014 

Por Alberto Oliveira e Silva

Vale de Cambra vai receber menos 20 por cento do Estado

O município de Vale de Cambra irá receber menos verba – por transferência do Estado – durante este ano, devido ao que o actual executivo, liderado por José Pinheiro, considera ser o incumprimento do anterior elenco, liderado por José Bastos.

Em causa, a prestação de contas, por parte da Câmara Municipal, no âmbito do SIIAL – Sistema Integrado de Informação da Administração Local.

Citado pelo Diário de Aveiro, António Alberto, o vereador responsável pelas Finanças, disse que o anterior executivo se tinha comprometido a uma redução de 10 por cento no valor em dívida do Município, inscrito no SIIAL.

Ao não cumprir, a penalização vem dobrada: Vale de Cambra receberá menos 20 por cento, na hora da transferência de fundos da administração central.

O município foi um dos que teve de recorrer ao PAEL (Programa de Apoio à Economia Local), instrumento financeiro criado pelo Governo para ajudar as autarquias em dificuldades financeiras.

A adesão a este programa implicou assumir um compromisso de redução da dívida.