Arouca, 4 de Novembro de 2013 

Por Alberto Oliveira e Silva

Oportunidades na União Europeia apresentam-se na Escola Secundária de Arouca

A importância da educação, da aprendizagem ao longo da vida e das línguas esteve em destaque na palestra que Fátima Gomes, funcionária da Comissão Europeia (CE), deu a alunos da Escola Secundária de Arouca.

Arouquense de origem, mas a viver em Bruxelas, capital da União Europeia (UE), aproveitou as férias para regressar ao estabelecimento de ensino onde estudou, visando deixar aos jovens “umas pistas para futuras carreiras profissionais”.

Fátima Gomes é responsável pelo recrutamento de funcionários e colaboradores – tradutores, secretárias e bibliotecários, entre outras categorias profissionais – na Direcção-Geral de Tradução da CE.

Explicou as suas funções, bem assim como o carácter fundamental das línguas nos organismos europeus. “Os cidadãos têm o direito de ter acesso a informações nas suas línguas maternas”, vincou.

Perante uma audiência que a questionou sobre as motivações da ida para Bruxelas, salientou a importância de integrar um projecto multinacional e sublinhou que as portas do trabalho na União Europeia estão abertas a quem tenha conhecimentos e determinação.

A primeira coisa a fazer é prepararem-se”, avisou, assinalando que línguas – a materna e outras, como o inglês, o francês e o alemão, as mais estudadas no espaço europeu, abrem portas.