Nelly Santos Leite, responsável da instituição de S. João da Madeira, vinca que a iniciativa tem vindo a conquistar notoriedade no mundo da música Nelly Santos Leite, responsável da instituição de S. João da Madeira, vinca que a iniciativa tem vindo a conquistar notoriedade no mundo da música D. R.

Cultura, 14 de Novembro de 2013 

Por Alberto Oliveira e Silva

Academia de música já prepara “Concurso de Piano Florinda Santos”

A Academia de Música de S. João da Madeira já está a trabalhar na organização da 12ª edição do “Concurso de Piano Florinda Santos”, o evento que, de dois em dois anos, realça a qualidade do ensino ministrado na instituição e homenageia Florinda Santos, pianista e docente da música, que granjeou posição de destaque na história da entidade e do ensino da música na cidade e na região.

Nelly Santos Leite, responsável pela organização, adiantou a novidade de que a edição de 2014, que se desenrolará de 16 a 20 de Maio, contará com “uma modalidade nova”: o “piano a quatro mãos”. Vincou que “em cada edição há uma novidade”.

Destaque, ainda, para o Concerto de Abertura, que vai realizar-se na Casa da Criatividade e que apresentará o consagrado pianista Pedro Burmester.

O concurso está aberto a estudantes de todas as nacionalidades, incluindo os que frequentam cursos superiores de piano. Terá cinco “categorias”, avaliando o progresso dos candidatos a pianistas, cujas faixas etárias variarão da mais tenra idade aos 22 anos.

Acentuando o carácter internacional do concurso, Nelly Santos Leite vincou que o investimento tem de estar ao nível da qualidade. O orçamento variará entre os 11 mil e os 15 mil euros.

Há dois anos, chegou a todos os cantos do mundo, através da Internet, e recebemos lindos depoimentos de pessoas importantíssimas do mundo da música”, testemunhou.

Considerou tratar-se de “um concurso de altíssimo nível”, vincando a exigência das provas a prestar pelos concorrentes. E o facto de homenagear “uma pessoa que foi fantástica não só para a academia, mas também para a cidade de S. João da Madeira”.