O certame recebeu entre 30 a 40 mil visitantes O certame recebeu entre 30 a 40 mil visitantes D. R.

Economia, 3 de Julho de 2013 

Por Redacção

Feira do Mirtilo consolida-se como evento de dimensão nacional

A I edição da Feira do Mirtilo de Sever do Vouga recebeu entre 30 a 40 mil visitantes e foram vendidas cerca de dez toneladas de mirtilo durante os quatro dias do evento. Números que para a organização, a cargo da AGIM – Associação para a Gestão, Inovação e Modernização do Centro Urbano de Sever do Vouga e da Câmara de Sever do Vouga, representam o consolidar de um evento que é já uma referência a nível nacional no sector do mirtilo e o maior cartão turístico do concelho de Sever do Vouga.

Este ano, o Parque Urbano de Sever do Vouga, onde decorreu a Feira do Mirtilo, registou uma afluência regular de visitantes ao longo do dia. “Durante as 16 horas do dia em que a Feira estava aberta, tivemos em permanência no recinto entre duas a três mil pessoas. Este é um evento que não possui horas mortas, atraindo visitantes desde as 10:30 da manhã até às 02:00 da manhã do dia seguinte, pelo conjunto de actividades que disponibiliza que atraem públicos distintos”, explica Sofia Freitas, coordenadora da AGIM.

A adesão às várias actividades organizadas no âmbito da Feira do Mirtilo também foi significativa. No comboio turístico que fazia viagens pela vila e por plantações de mirtilos viajaram 1.900 pessoas ao longo dos quatro dias. Na apanha do mirtilo, iniciativa que este ano se realizou pela primeira vez, a adesão ultrapassou as expectativas e foi mesmo necessário alargar o número de participantes por sessão devido às muitas inscrições recebidas. No total, foram aproximadamente 250 visitantes que viveram a experiência de colher o mirtilo directamente da planta. A organização pretende dar continuidade a esta iniciativa no decorrer dos próximos meses e repetir a actividade na próxima edição tentando que se realize em mais plantações de mirtilo para que mais visitantes possam participar na apanha do fruto.

Muito participados foram os workshops de culinária e nutrição para crianças e adultos, sempre com lotação esgotada, e as actividades radicais de canoagem e rapel, que fizeram as delícias dos mais novos.

O concurso do melhor pomar de mirtilo (ganho por Armando Carvalheira) foi outro êxito, de tal forma que, em 2014, esta competição será alargada a todo o território nacional.

Igualmente boa adesão registou o concurso gastronómico, que teve como vencedores o Restaurante “O Júnior” e o Restaurante “Villa de Paçô”.

A VI Feira do Mirtilo contou com mais de uma centena de expositores.