À semelhança das escolas de Ponte de Telhe, Arouca, Escariz, Burgo, Chave, Fermedo e Rossas, também Canelas beneficiou da Carta Educativa de Arouca, aprovada a 30 de Outubro de 2006 À semelhança das escolas de Ponte de Telhe, Arouca, Escariz, Burgo, Chave, Fermedo e Rossas, também Canelas beneficiou da Carta Educativa de Arouca, aprovada a 30 de Outubro de 2006 D. R.

Arouca, 10 de Abril de 2013 

Por Redacção

Canelas e Espiunca partilham pólo escolar

O Pólo Escolar de Canelas acolheu, no último sábado, a comunidade local e educativa para dar a conhecer as valências daquele novo espaço, que dará resposta às necessidades dos alunos de Canelas e Espiunca.

Situado entre os lugares de Canelas de Cima e de Baixo, este equipamento resulta da requalificação e ampliação da antiga escola, sem nunca esquecer a envolvência do meio rural.

Artur Neves (presidente da Câmara de Arouca), Joaquim Cunha (presidente da Junta de Freguesia de Canelas), Fátima Fonseca (presidente da Junta de Freguesia de Espiunca), Margarida Belém (vereadora da Educação), Albino Soares (vereador das Obras Municipais), Adília Cruz (presidente do Agrupamento de Escolas de Arouca) e Jorge Esteves (presidente da Assembleia Municipal), inauguraram este espaço, que acolherá cerca de 65 alunos.

Esta obra vem reforçar a rede escolar existente e demonstrar, uma vez mais, a aposta do município na educação, visando o bem-estar da comunidade”, disse Artur Neves.

Salas de aula para o 1º ciclo e pré-escolar, refeitório, ludoteca, salas de actividades, instalações sanitárias, salas de apoio para professores, educadores e pessoal auxiliar e espaços exteriores diversificados constituem este Pólo Escolar, que representa um investimento na ordem de um milhão de euros.