Com duas equipas a participar no calendário velocipédico nacional (o Boavista aposta também no BTT), foi reunido um grupo de atletas que pretendem discutir os lugares cimeiros em todas as provas Com duas equipas a participar no calendário velocipédico nacional (o Boavista aposta também no BTT), foi reunido um grupo de atletas que pretendem discutir os lugares cimeiros em todas as provas D. R.

Desporto, 15 de Fevereiro de 2013 

Por Redacção

Apresentada a equipa Rádio Popular-Onda-Boavista

A equipa profissional de ciclismo Rádio Popular-Onda-Boavista foi apresentada no Estádio do Bessa, numa cerimónia que marcou o arranque de uma época em que o conjunto boavisteiro deposita fundadas esperanças de brilhar nas estradas portuguesas.

José Santos, director desportivo da equipa salientou, na ocasião, tratar-se de “uma equipa competitiva que poderá discutir a Volta a Portugal”. Aliás, é na prova rainha do calendário velocipédico nacional que a Rádio Popular-Onda-Boavista aposta forte, tendo construído uma equipa que é uma mistura de experiência e juventude, em torno do chefe-de-fila Daniel Silva.

José Santos lembrou também que graças aos parceiros que o Boavista encontrou, designadamente o sponsor principal, a Rádio Popular, foi possível “apostar ainda mais nesta equipa”, aproveitando ainda para agradecer “o apoio que os sócios e simpatizantes do Boavista demonstram ano após ano pelas estradas do país, sem o qual não seria possível alcançar os bons resultados que temos conseguido”.

Ilídio Silva, presidente do Conselho de Administração da Rádio Popular, e principal patrocinador da equipa, sublinhou que este casamento é resultado de “um namoro antigo”, frisando que a associação entre a empresa e o ciclismo do Boavista resulta do facto de ambas as instituições partilharem princípios “conservadores”, no melhor sentido na palavra.

Esta é também uma aposta comercial da Rádio Popular, uma vez que o ciclismo é um excelente veículo de publicidade”, afirmou Ilídio Silva, que recusou pedir vitórias à equipa: “O que queremos desta equipa é verdade, honradez e espírito de sacrifício. Se assim for, serão verdadeiros campeões”.