O técnico português, Jorge Braz, no final do jogo frente ao Brasil O técnico português, Jorge Braz, no final do jogo frente ao Brasil D. R.

Desporto, 10 de Dezembro de 2012 

Por Redacção

“Um dia seremos os últimos a entrar no pavilhão para a entrega dos prémios”

O seleccionador nacional, Jorge Braz, destacou o empenho e a dedicação da equipa das quinas ao longo de todo o III Torneio Mundial, disputado em Oliveira de Azeméis.

É um orgulho treinar estas jogadoras. Temos muita margem para progredir. Um dia haveremos de ser os últimos a entrar no pavilhão para a entrega dos prémios”, disse, no final do jogo decisivo em que as portuguesas perderam com as brasileiras, por 3-0.

Temos de reconhecer a capacidade e a qualidade do Brasil“, sublinhou, antes de deixar elogios à organização: “Foi de nível superior, não só em termos desportivos e competitivos, mas de toda a envolvência do torneio. Quando nos falaram que teríamos uma sexta jogadora eu não acreditava, mas não tivemos apenas uma jogadora a mais, foram mais duas mil”.