Abertura dos trabalhos esta manhã na Torre da Oliva Abertura dos trabalhos esta manhã na Torre da Oliva D. R.

S. João da Madeira, 22 de Novembro de 2012 

Por Redacção/EDVI

S. João da Madeira acolhe Congresso Europeu de Turismo Industrial

O IV Congresso Europeu de Turismo Industrial, a decorrer até sexta-feira em S. João da Madeira, pretende ajudar a criar uma rede europeia deste segmento turístico.

Dirigido a administrações, territórios, académicos e empresários, este congresso trará a S. João da Madeira um conjunto de especialistas internacionais, cujo “profundo conhecimento desta disciplina permitirá uma abordagem multidisciplinar sobre um sector que começa a dar os primeiros passos de forma mais consistente e que visa manter viva a memória colectiva das regiões onde é implantado”, refere a organização.

Será ainda a oportunidade para lançar as fundações de uma Rede Europeia de Turismo Industrial, fenómeno já presente em países como Espanha, França ou Itália.

O programa do congresso abrange, assim, diferentes áreas, com painéis diversificados, onde se irá procurar perceber os caminhos já trilhados pelo Turismo Industrial, apontando de forma decisiva ao futuro.

“Turismo Industrial, Uma Visão Global” é o tema de introdução, que contará com a intervenção de Castro Almeida, presidente da Câmara de S. João da Madeira, de André Marcon, presidente da Assembleia de Câmaras de Comércio e Indústrias Francesas e de Fernando Jerez, presidente da Câmara de Comércio e Indústria de Toledo.

O primeiro painel, dedicado aos avanços científicos no Turismo Industrial, será moderado por Carlos Costa, da Universidade de Aveiro, e permitirá uma visão multidisciplinar do Turismo Industrial, apresentada por representantes académicos europeus. Conta com oradores como Dietrich Soyez, da Universidade de Colónia, Amaia Makua, da Universidade de Deusto, José Manuel Lopes Cordeiro, da Universidade do Minho, Lucas Savoja, da Universidade de Turim, Florence Hachez-Leroy, da Universidade de Lille-Nord e de Mike Robinson, do Ironbridge Institute. 

Para debater a aplicação do conhecimento em experiências práticas, a organização convidou agentes institucionais que apresentarão metodologias e estratégias adequadas a projectos de turismo industrial de âmbito local.

Moderado por Claire Sovignet, da Assembleia das Câmaras de Comércio e Indústria francesas, o segundo painel conta com a participação de Vanda Cardoso, da Câmara de S. João da Madeira, Cecile Pierre, da ACFCI, DE Alexander Otgaar, Erasmus da Universidade de Roterdão, Javier Diaz Herranz, da Câmara de Comércio e Indústria de Toledo, e de Wolfgang Ebert, do ERIH.

No último painel, serão apresentadas as melhores experiências territoriais. S. João da Madeira foi pioneiro em Portugal na implantação de um circuito de Turismo Industrial, que inclui unidades históricas do concelho, como a Fepsa, a Viarco, a Helsar, a Heliotextil, a Cortadoria Nacional de Pêlo e a Evereste. A ideia do município foi a de promover as potencialidades turísticas ligadas à indústria, procurando afirmar o projeto como uma mais-valia económica, cultural e lúdica.

Para o presidente da autarquia, a realização deste Congresso Europeu de Turismo Industrial “reforça a vontade de S. João da Madeira em atrair turistas que procuram conceitos diferentes dos tradicionais”, frisando ainda que a aposta neste projecto “traduz a confiança que temos no futuro da indústria no nosso concelho”.

O IV Congresso Europeu de Turismo Industrial, que decorre na Torre da Oliva, é organizado pela Câmara Municipal, pela Assembleia das Câmaras Francesas de Comércio e de Indústria e pela Câmara de Toledo.