O Outeiro dos Riscos tem sido, recorde-se, alvo de “trabalho e empenho” da autarquia no sentido de o preservar e conservar O Outeiro dos Riscos tem sido, recorde-se, alvo de “trabalho e empenho” da autarquia no sentido de o preservar e conservar D. R.

Sociedade, 28 de Novembro de 2012 

Por Redacção

Gravuras rupestres em Cepelos

As gravuras rupestres do Outeiro dos Riscos, localizado na freguesia de Cepelos, foram anunciadas em Diário da República como “Sítio de Interesse Público”, cuja condição física actual deverá ser preservada e permitir apenas acções de observação, investigação ou valorização.

No despacho (publicado no passado dia 21 de Novembro), a directora geral do Património Cultural,Isabel Cordeiro, declara que irá agora propor à respectiva Secretaria de Estado, a classificação das gravuras do Outeiro dos Riscos, que já têm o parecer positivo da Secção do Património Arquitetónico e Arqueológico do Conselho Nacional de Cultura.

Para a Câmara Municipal de Vale de Cambra, na pessoa da vereadora da Cultura, Adriana Rodrigues, “trata-se de mais um passo no processo de classificação do sítio arqueológico como sítio de interesse público, reconhecendo a sua importância no contexto da arte rupestre datada entre os finais do neolítico e o bronze final”.