Juan Pablo Zaramella realizou “Luminaris” em 2011 Juan Pablo Zaramella realizou “Luminaris” em 2011 D. R.

Arouca, 17 de Setembro de 2012 

Por Redacção/EDVI

Filme argentino vence festival de Arouca – vídeo

O filme “Luminaris”, do argentino Juan Pablo Zaramella, conquistou a lousa de ouro da décima edição do Arouca Film Festival (Festival Internacional de Cinema de Arouca), que terminou este domingo.

“Prologo”, de Lucas Figueroa (Espanha), venceu o prémio internacional, enquanto o nacional foi para “Directo”, de Luís Alvarães e Luís Mário Lopes.

“La boda”, de Marina Seresesky (Espanha), arrebatou o prémio destinado à melhor película de ficção.

O melhor filme de animação foi “Grand Prix”, de Marc Riba e Anna Solanas (Espanha).

No documentário, o júri atribuiu o galardão a “PT.ES”, de Pedro Sena Nunes (Portugal).

O mais votado em experimental foi ”Estátua”, de Carlos Silva (Portugal), enquanto o melhor videoclip premiado foi “Cronofóbico”, de Edgar Ferreira (Portugal).

Noutras categorias, “Luminaris”, de Juan Pablo Zaramella (Argentina) venceu o prémio de melhor fotografia, “Son dos días”, de Andrés Lopetegui (Espanha), de melhor argumento, e “Prologo”, de Lucas Figueroa (Espanha), a melhor realização.

A melhor representação foi para Yailene Sierra – uma das protagonistas do filme “La boda”, de Marina Seresesky (Espanha) – e as menções honrosas atribuídas distinguiram “El cartero”, de Cláudia Alves (Portugal), e “Ciclos, Biciclos e Triciclos”, de Joana Castro, Marlene Soares (Portugal).

O primeiro prémio do público foi para “Fly – Último adeus”, de Tiago Martins (Portugal), e o segundo para “Aquel no era yo”, de Esteban Crespo (Espanha).

Durante os três dias de duração, o Arouca Film Festival exibiu 37 curtas-metragens e uma longa-metragem, oriundas da Alemanha, Argentina, Brasil, Espanha e França e Portugal.

O certame – organizado pelo Cineclube de Arouca, com o apoio da autarquia local – foi criado em 2003 por João Rita em sintonia com um grupo de amigos, estudantes de cinema e dirigentes da Associação Académica de Arouca.