A Adega Cooperativa de Vale de Cambra tem os seus vinhos cotados entre os melhores produzidos na Região A Adega Cooperativa de Vale de Cambra tem os seus vinhos cotados entre os melhores produzidos na Região D. R.

Economia, 18 de Julho de 2012 

Por Redacção/EDVI

Nova imagem dos vinhos verdes “pisca olho” ao mercado externo

A Adega Cooperativa de Vale de Cambra (ACVC), que em 2011 comemorou 50 anos de actividade, acaba de lançar a nova imagem dos vinhos verdes da região, “piscando o olho” ao mercado externo.

A iniciativa representa uma clara aposta na inovação, sendo um passo importante que a instituição dá no sentido de tentar conquistar novos mercados”, afirmou à EDV Informação o presidente da direcção da ACVC, José Pinheiro.

O ‘feedback’ tem sido muito positivo e nas mostras que temos participado em vários países – designadamente na Alemanha e na Suíça – esta imagem foi mesmo um sucesso”, disse.

José Pinheiro revelou que a ACVC manteve recentemente reuniões com importadores americanos de destaque, que elogiaram também o novo rótulo.

Fruto desta aposta forte e séria no mercado externo, há inclusive uma empresa que nos está a pedir o exclusivo da marca para os EUA”, sublinhou.

Considerada como “uma estrutura exemplar em termos organizacionais na região”, a ACVC tem os seus vinhos cotados entre os melhores produzidos na Região dos Vinhos Verdes.

A estratégia de modernização, melhoramento das instalações e condições técnicas de vinificação levaram, nos últimos anos, a um incremente substancial na qualidade dos vinhos produzidos”, acrescentou o presidente da instituição.

A ACVC, situada na região demarcada dos vinhos verdes, conta actualmente com cerca de 500 viticultores associados activos, tendo uma produção anual que ronda um milhão de litros de vinho.

A ACVC foi formalmente fundada em 21 de Março de 1961, mas começou a trabalhar de facto apenas em 1964, com 54 associados e uma produção de cerca de 300 mil litros de vinho.