O filme “La tragedia del hombre hueco”, do espanhol Jorge de Guillem, conquistou em 2011 a lousa de ouro no certame O filme “La tragedia del hombre hueco”, do espanhol Jorge de Guillem, conquistou em 2011 a lousa de ouro no certame D. R.

Arouca, 19 de Julho de 2012 

Por Redacção/EDVI

Ambiente é tema de concurso de curtas-metragens do “Arouca Film Festival”

O concurso de curtas-metragens, integrado no “Arouca Film Festival” (Festival Internacional de Cinema de Arouca), é dedicado ao ambiente e decorre até ao próximo dia 10 de Agosto, anunciou a organização do certame.

A iniciativa – promovida pelo Cineclube de Arouca, com o apoio da Divisão de Ambiente e Serviços Urbanos da Câmara Municipal – é dirigida a todos os amantes do cinema que “queiram demonstrar a sua criatividade, aliando-a à promoção da biodiversidade e ao desenvolvimento rural, tendo por base a preservação do património local”.

O concurso “Luzes, câmara, ambiente em acção”, que irá percorrer alguns dos locais mais emblemáticos do concelho, pretende “sensibilizar os participantes para a importância do cinema como forma de promoção e preservação ambiental, desafiando-os a desenvolver uma obra cinematográfica, com uma duração máxima de três minutos”, referem os promotores.

Os melhores filmes produzidos terão honras de encerramento na 10ª edição do “Arouca Film Festival”. O trabalho vencedor receberá uma viagem a Londres para duas pessoas.

O “Arouca Film Festival” decorre este ano entre 14 e 16 de Setembro.

O filme “La tragedia del hombre hueco”, do espanhol Jorge de Guillem, conquistou em 2011 a lousa de ouro, entre 31 curtas-metragens, oriundas da Alemanha, Bélgica, Brasil e Espanha, Inglaterra e Portugal.

O certame – organizado pelo Cineclube de Arouca, com o apoio da autarquia local – foi criado em 2003 por João Rita (director do festival) em sintonia com um grupo de amigos, estudantes de cinema e dirigentes da Associação Académica de Arouca.