Pan Optikum (Alemanha), com “Transition”, encerra a noite de sexta-feira Pan Optikum (Alemanha), com “Transition”, encerra a noite de sexta-feira D. R.

Cultura, 22 de Maio de 2012 

Por Redacção/EDVI

Fim-de-semana do Imaginarius

O Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua, a decorrer este fim-de-semana em Santa Maria da Feira, conta com a participação de 37 companhias de oito países, divulgou a autarquia.

Com um percurso consolidado de mais de uma década na promoção das artes de rua em Portugal, o festival continua a ser o palco privilegiado de conceituadas companhias nacionais e internacionais, que escolhem Santa Maria da Feira para apresentar os seus espectáculos, alguns deles em estreia absoluta, como acontece nesta 12ª edição”, referem os promotores.

Teatro, exposições, concertos, workshops, instalações, conversas ou mercado de rua são algumas das propostas para três dias de “grande animação”.

No que se refere às produções internacionais, destaque para a participação de três companhias que vão apresentar-se em estreia nacional: Pan Optikum (Alemanha), com “Transition”, que encerra a noite de sexta-feira, na alameda do antigo tribunal (23:30) e repete no sábado (22:15); Grotest Maru (Alemanha), com “Timebank”, a apresentar sexta-feira e sábado, na fachada da Câmara Municipal (17:00 e 22:30); e Cirque Hirsute (França), que traz “Les Blues de La Mancha” ao jardim do antigo tribunal, sexta-feira (22:30), sábado (21:30) e domingo (16:00).

De Espanha marca presença a companhia Xirriquiteula Teatre, com o espectáculo itinerante “Girafes”, a apresentar no domingo, na Praça da República e Largo Gaspar Moreira (15:00 e 17:00).

Da Bélgica chegam os Antwerp Gipsy-Ska Orkestra, que encerram a noite de sábado, com um concerto na envolvente da piscina municipal (00:00).

A aposta na criação nacional é uma das marcas desta edição. A coreógrafa Madalena Victorino apresenta-se pela primeira vez no certame, com o espectáculo “Vale”, que lhe valeu o Prémio Autores para a Melhor Coreografia, em 2010. O espectáculo, que envolve a participação de cerca de 70 pessoas de Santa Maria da Feira, será apresentado pela primeira vez no formato rua, sexta-feira e sábado, no parque de estacionamento da Avenida Belchior Cardoso da Costa (22:00).

Noutra adaptação para rua, a coreógrafa e performer Filipa Francisco propõe uma fusão de dança contemporânea e folclore com o espectáculo “A Viagem”, que conta com a participação de dois grupos locais: Rancho Folclórico Os Malmequeres de Lourosa e Rancho Folclórico e Etnográfico Terras de Santa Maria (Rio Meão). Apresentações no sábado (18:00) e domingo (17:00), com início na Igreja da Misericórdia.

O Teatro de Ferro, a Companhia Erva Daninha, o Teatro Regional Serra de Montemuro, o Teatro a Quatro e Teatro Bandido e a Companhia Abelha Acrobática são outros projectos nacionais que marcam presença.

Também as estruturas artísticas de Santa Maria da Feira veem reforçada a sua participação nesta edição, com destaque para o espectáculo “O Comboio Fantasma de Santa Maria da Feira”, do encenador inglês Lee Beagley com grupos e artistas locais (All About Dance, Art’Encena, Saltarellus e Fórum Ambiente e Cidadania). Esta criação Imaginarius, que conta com a participação de cerca de 140 pessoas, será apresentada na sexta-feira e sábado, com início na estação da CP (22:30).

O festival é organizado pela Câmara de Santa Maria da Feira e empresa municipal Feira Viva – Cultura e Desporto.