Oliveira de Azeméis, 3 de Maio de 2012 

Por Redacção/EDVI

Festival do arroz em Ul

O “Festival de Degustações de Receitas à Base de Arroz”, a decorrer na freguesia de Ul (Oliveira de Azeméis) entre 08 e 13 de maio, quer tornar-se num “evento turístico de referência”.

Propomos um certame onde vai imperar a alta gastronomia e tradição de uma freguesia com história nesta indústria”, disse à EDV Informação António Nunes, um dos promotores da iniciativa.

Ao longo dos anos, o descasque do arroz foi-se progressivamente modernizando, ganhando importância e primazia até aos nossos dias. Por isso, consideramos que faltava em Ul um evento desta natureza”, afirmou.

Esta primeira edição, além da componente gastronómica – com receitas onde o arroz é o elemento principal -, inclui uma pequena mostra de produtos fabricados pelas empresas organizadoras e comercializados no mercado nacional.

Durante os seis dias do festival, os promotores prepararam ainda um programa de animação.

Será uma edição piloto que promete envolver a comunidade e tornar a iniciativa num evento turístico de referência nacional”, salientou António Nunes.

O nosso apelo é que todos venham descobrir, experimentar, sentir e provar connosco os sabores do arroz”, acrescentou.

O “Festival de Degustações de Receitas à Base de Arroz” é uma organização da Novarroz (Produtos Alimentares S.A.), “Valente Marques S.G.P.S.” e Globália (Restauração e Eventos Turísticos, Lda).

A freguesia de Ul – palco do festival – teve, ao longo da história, uma relação estreita com os cursos de água que beneficiaram, de início, a existência de elevado número de moinhos, moleiros e padeiras e, mais tarde, o aparecimento da indústria do descasque de arroz.

A cultura do arroz terá sido introduzida em Portugal no reinado de D. Dinis, no Baixo Mondego, na zona de Montemor-o-Velho, a partir de semente procedente de Sevilha (Espanha).

Portugal consome na ordem das 145.000 toneladas (arroz branqueado) por ano, representando um consumo per capita de 14,5 quilogramas, o valor mais alto da Europa.

A Beira Litoral possui 1086 explorações, que representam 60 por cento das explorações ao nível nacional.