Instituição pretende reforçar o envolvimento das freguesias de Fermedo, Escariz e S. Miguel do Mato Instituição pretende reforçar o envolvimento das freguesias de Fermedo, Escariz e S. Miguel do Mato D. R.

Arouca, 2 de Março de 2012 

Por Redacção

Novos órgãos sociais do Centro de Solidariedade Social e Cultural de Fermedo

Os sócios do Centro de Solidariedade Social e Cultural de Fermedo (CSSCF) elegeram, no passado dia 25 de Fevereiro, os corpos gerentes para o triénio de 2012 a 2014.

Fernanda Oliveira mantém-se como presidente da direcção, o padre Arnaldo Farinha passa a presidir à mesa da assembleia-geral e Aldiro Magano assume a liderança do conselho fiscal.

Refira-se que apenas uma lista se apresentou ao acto eleitoral. E que a direcção eleita conta, ainda, com os seguintes elementos: Norvinda Perestrelo é a vice-presidente, Elsa Martins a secretária, Maria Antónia Almeida a tesoureira e Edite Moreira a vogal.

A mesa da assembleia-geral integra, também, Alberto Silva, como 1º secretário, e Arlindo Oliveira, como 2º secretário. No conselho fiscal, Sónia Almeida é a 1ª secretária e Rui Pinho o 2º secretário.

Recorde-se que o CSSCF tem por missão apoiar os idosos e os mais carenciados das freguesias de Fermedo, Escariz e S. Miguel do Mato, tendo previstas as valências de creche, centro de dia e de serviço de apoio domiciliário. As respectivas instalações estão em construção, continuando a ser necessário o apoio das populações das três freguesias para levar a empreitada a bom termo.