Pedro Mota Soares elogiou o papel das instituições particulares de solidariedade social Pedro Mota Soares elogiou o papel das instituições particulares de solidariedade social D. R.

Oliveira de Azeméis, 30 de Março de 2012 

Por Redacção

Ministro da solidariedade visita instituições de Oliveira de Azeméis

Os casais desempregados, com filhos, vão, a partir da próxima segunda-feira, usufruir de uma comparticipação de 10 por cento no subsídio de desemprego, anunciou em Oliveira de Azeméis o ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Soares.

O membro do Governo, que visitou o Centro de Apoio Familiar Pinto de Carvalho e a Comossela – Comissão de Melhoramentos de Ossela –, considerou dramáticas as situações em que, numa mesma família, ambos os elementos estão desempregados.

O aumento é uma das medidas previstas no Plano de Emergência Social apresentado em Agosto de 2011 pelo ministro da tutela da solidariedade.

Na sua deslocação a Oliveira de Azeméis, o governante elogiou o papel das instituições particulares de solidariedade social (IPSS), considerando que este tipo de entidades “representa já 5,5% da riqueza gerada em Portugal”.

As instituições sociais têm que ser parceiras do Estado e da Segurança Social”, disse o ministro, frisando que “a resposta social tem que ser feita pelas IPSS, apenas cabendo ao Estado apoiar e trabalhar em parceria com as câmaras municipais, juntas de freguesia e instituições da rede social”.