O trabalho literário de Salomé Pinto foi publicado com as ilustrações de Alexandra Gonçalves em “ebook” e livro impresso O trabalho literário de Salomé Pinto foi publicado com as ilustrações de Alexandra Gonçalves em “ebook” e livro impresso D. R.

Cultura, 12 de Março de 2012 

Por Redacção/EDVI

Jornalista Salomé Pinto lança livro de poesia

A jornalista Salomé Pinto lança no próximo domingo o livro de poesia “Rio de Pétalas”, cerimónia inserida na campanha “Poesia à Mesa”.

A apresentação da obra – com prefácio do escritor Josias Gil – será encenada por um espectáculo levado a cabo pelo grupo de teatro TEPAS e pelo Centro de Cultura e Desporto de S. João da Madeira.

Das palavras para o palco, a poesia transforma-se, ganha voz, movimento… Vida. É esta a descrição do espectáculo que promete cativar a plateia”, disse à EDV Informação Salomé Pinto.

A sessão decorre a partir das 18:00, nos Paços da Cultura de S. João da Madeira.

O trabalho literário de Salomé Pinto foi publicado com as ilustrações de Alexandra Gonçalves em “ebook” e livro impresso.

É ‘Rio de Pétalas’ mas, mesmo que se chamasse ‘Beijo-te’ com os lábios da vulva e segredo-te o significado de Amar, ou qualquer dos outros nomes da semântica com que a autora declina o Amor, fazendo-o acontecer enquanto Fala, estaríamos sempre irremediavelmente possuídos pela feminina potência do Amar. (…) E quem conseguir mesmo deixar-se afundar neste rio de pétalas, jamais amará como dantes!…”, escreve Josias Gil sobre a obra da jornalista sanjoanense.

Natural de S. João da Madeira, Salomé Pinto, 29 anos, deu os primeiros passos no jornalismo em órgão de comunicação social locais.

Licenciada em Jornalismo e Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, a jornalista passou pela Rádio Renascença, jornal “O Primeiro de Janeiro” e, mais tarde, pela produtora de televisão “Farol de Ideias”, em Vila Nova de Gaia.

Em 2011, mudou-se para Lisboa, onde frequenta uma pós-graduação em Economia Portuguesa no Contexto Global, no ISEG – Instituto Superior de Economia e Gestão.

Paralelamente, mantém actividade jornalística como freelancer – colabora para o semanário SOL e para o Porto Canal, na delegação de Lisboa.

Fundadora da Associação Cultural Teia dos Sentidos de S. João da Madeira, Salomé Pinto foi coordenadora local do movimento Limpar Portugal, dinamizadora da CURTA – mostra de curtas-metragens de S. João da Madeira, tendo participado ainda em duas colectâneas de poesia e fotografia: “Simbiose” e “Sentidos”.