Autarcas satisfeitos com actividade do equipamento Autarcas satisfeitos com actividade do equipamento Fernando Pinho

Oliveira de Azeméis, 3 de Março de 2012 

Por Redacção/EDVI

Canil intermunicipal é “aposta ganha” do agrupamento de municípios de Entre Douro e Vouga – Hermínio Loureiro

A actividade do canil intermunicipal do Entre Douro e Vouga tem “ultrapassado as expectativas” e “os mais recentes dados falam por si”, afirmou o presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, Hermínio Loureiro.

Os números têm vindo a subir nos últimos anos. Por exemplo, no passado ano foram recolhidos 1.389 animais e adoptados 470. Nos primeiros meses de 2012 já vamos em 20 por cento desse valor”, disse à EDV Informação.

Esta é, sem dúvida, uma aposta ganha dos autarcas do agrupamento de municípios de Entre Douro e Vouga, que em boa hora avançaram para a construção deste moderno e eficaz equipamento”, frisou Hermínio Loureiro.

A autarquia, em conjunto com a Associação de Municípios de Terras de Santa Maria (AMTSM), promoveu este sábado uma acção de divulgação do canil e uma campanha de adopção de cães, apadrinhada por figuras públicas, como a apresentadora Ana Paula Reis, o fadista Nuno da Câmara Pereira, o estilista João Rolo ou o escultor Paulo Neves.

A acção marcou também a abertura do equipamento ao sábado com período de adopção, entre as 10:30 e as 13:00.

Todas as iniciativas que contribuam para sensibilizarmos as pessoas a adoptarem animais domésticos são importantes e devem ser sempre participadas”, acrescentou o autarca.

O equipamento – localizado no antigo aterro sanitário da serra do Pereiro (freguesia de Ossela), em Oliveira de Azeméis – estende-se por uma área de 3.000 metros quadrados, com condições para albergar simultaneamente 100 animais.

O canil, um projecto da responsabilidade da AMTSM, recebeu até final do passado ano 5.086 animais, 1.414 dos quais foram adoptados.

O canil encontra-se ao serviço dos municípios de Arouca, Oliveira de Azeméis, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira e Vale de Cambra, mas tem recebido animais de outros concelhos, por ser o único centro de recolha oficial na região Norte.

A AMTSM tem desenvolvido também desde a sua inauguração em 27 de Março de 2008 um conjunto de acções, para além da captura dos animais.

Promoção de visitas, campanhas de controlo de cães vadios e de vacinação anti-rábica, são outras das iniciativas desenvolvidas no âmbito deste projecto.