Emídio Sousa: “As comunidades escolares constituem pólos dinamizadores de informação e formação” Emídio Sousa: “As comunidades escolares constituem pólos dinamizadores de informação e formação” Alberto Oliveira e Silva

Santa Maria da Feira, 9 de Fevereiro de 2012 

Por Redacção/EDVI

Protecção Civil lança projecto para escolas

O projecto dirigido às escolas dinamizado pelo Serviço Municipal de Protecção Civil de Santa Maria da Feira ajuda a “formar cidadãos activos e participativos”, afirmou o vice-presidente da autarquia, Emídio Sousa.

A melhor forma de cada um poder intervir é, em primeiro lugar, estar bem informado no que respeita aos riscos existentes e aos procedimentos a ter em caso de acidente. Neste âmbito, as comunidades escolares constituem pólos dinamizadores de informação e formação, cujo alcance não se limita ao espaço escolar”, disse o autarca, titular da pasta de Obras Municipais, Protecção Civil e Ambiente.

Intitulado “A Protecção Civil e as Escolas – um caminho em comum”, o projecto visa “sensibilizar e consciencializar alunos, professores, não docente e pais para os riscos a que estão sujeitos e, simultaneamente, alertar para as medidas de autoprotecção e prestação de socorro”. 

A iniciativa engloba um conjunto de actividades formativas, informativas e pedagógicas, a realizar ao longo do presente ano lectivo, em estreita articulação com os diversos protagonistas na área da segurança, emergência e socorro, designadamente bombeiros, Cruz Vermelha, GNR e PSP.

O comandante operacional municipal, Eduardo Neves, destaca o envolvimento d os agentes da Protecção Civil nesta iniciativa: “Apesar dos escassos recursos de que dispõem, todos eles acolheram este projecto de braços abertos, respondendo de forma muito positiva e proactiva ao desafio que lhes lançámos”.