A acção – que marca a abertura do equipamento ao sábado com período de adopção – decorre entre as 10:30 e as 13:00 A acção – que marca a abertura do equipamento ao sábado com período de adopção – decorre entre as 10:30 e as 13:00 D. R.

Oliveira de Azeméis, 29 de Fevereiro de 2012 

Por Redacção/EDVI

Modelo Carla Matadinho participa na campanha de adopção do canil intermunicipal

A adopção de animais domésticos existentes no canil intermunicipal do Entre Douro e Vouga deve ser fomentada, particularmente junto dos mais novos, defendeu o vereador Isidro Figueiredo, da Câmara de Oliveira de Azeméis.

A autarquia, em conjunto com a Associação de Municípios de Terras de Santa Maria (AMTSM), promove este sábado uma acção de divulgação do canil e uma campanha de adopção de cães, apadrinhada por figuras públicas, como a modelo Carla Matadinho e Carlos Mozer (ex-jogador do Benfica).

A sensibilização para a adopção é uma tarefa de todos e deve ser fomentada, particularmente junto dos mais novos”, disse à EDV Informação Isidro Figueiredo.

Entendemos, por isso, que estas iniciativas têm muito impacto e servem igualmente para dar a conhecer as instalações do canil intermunicipal que serve cinco municípios não só no âmbito do acolhimento de cães vadios e errantes, mas também na disponibilização da valência de hotel para o período de férias”, sublinhou Isidro Figueiredo, responsável pelo pelouro do Ambiente na autarquia.

A acção – que marca a abertura do equipamento ao sábado com período de adopção – decorre entre as 10:30 e as 13:00.

O equipamento – localizado no antigo aterro sanitário da serra do Pereiro (freguesia de Ossela), em Oliveira de Azeméis – estende-se por uma área de 3.000 metros quadrados, com condições para albergar simultaneamente 100 animais.

O canil, um projecto da responsabilidade da AMTSM, recebeu até final do passado ano 5.086 animais, 1.414 dos quais foram adoptados.

O canil encontra-se ao serviço dos municípios de Arouca, Oliveira de Azeméis, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira e Vale de Cambra, mas tem recebido animais de outros concelhos, por ser o único centro de recolha oficial na região Norte.

A AMTSM tem desenvolvido também desde a sua inauguração em 27 de Março de 2008 um conjunto de acções, para além da captura dos animais.

Promoção de visitas, campanhas de controlo de cães vadios e de vacinação anti-rábica, são outras das iniciativas desenvolvidas no âmbito deste projecto.