O troço da Avenida 25 de Abril entre a rotunda e o Terreiro de Santa Mafalda será o intervencionado numa primeira fase O troço da Avenida 25 de Abril entre a rotunda e o Terreiro de Santa Mafalda será o intervencionado numa primeira fase D. R.

Arouca, 25 de Janeiro de 2012 

Por Redacção

Nova frente de obra da regeneração urbana

Terminadas as intervenções na Travessa da Ribeira e no Pátio das Laranjeiras (zona H7), e com as obras do Parque Municipal a decorrerem a bom ritmo, a Regeneração Urbana entra agora numa nova frente de obra. O troço da Avenida 25 de Abril entre a rotunda e o Terreiro de Santa Mafalda será o intervencionado numa primeira fase, numa obra que vai além da reabilitação do espaço público e da rede viária, e inclui a requalificação de redes de água, saneamento, electricidade e telecomunicações.

O troço da Avenida 25 de Abril entre a rotunda e o Terreiro de Santa Mafalda será o intervencionado numa primeira fase, numa obra que vai além da reabilitação do espaço público e da rede viária, e inclui a requalificação de redes de água, saneamento, eletricidade e telecomunicações.

A Regeneração Urbana do centro histórico de Arouca tem como elemento central o secular mosteiro, valorizando-o e à sua área envolvente.

O objectivo central desta operação é requalificar o centro histórico da vila, conferindo-lhe novos elementos de atractividade, mas mantendo o seu cariz de centro tradicional e local de representação da história e da cultura deste território

A Regeneração Urbana/Polis XXI resulta de uma parceria entre Câmara Municipal, Real Irmandade da Rainha Santa Mafalda de Arouca, Direcção Regional de Cultura do Norte e CCDR-N, financiada em 70 por cento pelo FEDER/QREN.