Arouca, 2 de Junho de 2011 

Por Redacção/EDVI

Cerca de 100 vozes fazem-se ouvir este sábado no encontro de coros

O Coro ESSA (Estoril), o Orfeão de Barrô (Águeda) e o Orfeão de Arouca vão dar voz ao IV Encontro de Coros Nádia Oliveira, uma homenagem à jovem arouquense, falecida há cerca de três anos.

O encontro decorre no cinema Globo d’Ouro este sábado, às 21:30, com entrada livre.

Há cerca de 20 anos que o Orfeão de Arouca organiza o Encontro de Coros de Arouca, mas recentemente a vida pregou-nos uma partida, com o desaparecimento da Nádia Oliveira. Ela sempre foi “a nossa voz” e, por isso, entendemos que faria sentido esta homenagem”, afirmou à EDV Informação o maestro do grupo, Ivo Brandão.

O encontro – inserido na programação do evento “Arouca Mais”, que decorre no município – reunirá cerca de 100 vozes, segundo a organização.

Esperamos cerca de 100 vozes, que vão proporcionar belíssimos momentos, desta feita num espaço confortável, que é o Globo d’Ouro. Apelo a todos os que possam, para que nos venham ouvir. Todos os anos, a direcção do orfeão esforça-se por convidar grupos de qualidade e por recebê-los bem e este ano não fugirá à regra. Esperamos ter muita gente connosco, nesta homenagem à Nádia”, acrescentou o responsável.

O Orfeão de Arouca foi fundado em 1985 pelo professor Ramiro Fernandes.

Interpreta música polifónica de compositores nacionais e estrangeiros e música religiosa, para além de divulgar os “cramóis” recolhidos no Cancioneiro de Arouca.

O Orfeão de Arouca – com cerca de 40 coralistas – já organizou 25 encontros de “janeiras” e tem percorrido o País, integrando no currículo centenas de presenças em vários eventos musicais.