A tertúlia decorreu na Librería Del Mercado San Miguel, em Madrid A tertúlia decorreu na Librería Del Mercado San Miguel, em Madrid D. R.

Santa Maria da Feira, 3 de Maio de 2011 

Por Redacção

Tertúlia cultural em Madrid com produtos das terras de Santa Maria

A tertúlia cultural “Vamos Falar de Vinho, de Cortiça e de Desenvolvimento Económico”, dinamizada pelo historiador Roberto Carlos, no passado dia 21, colocou em destaque produtos regionais das terras de Santa Maria.

A iniciativa enquadra-se no trabalho que o historiador de Santa Maria da Feira tem vindo a desenvolver no âmbito do seu doutoramento em turismo, lazer e cultura no Centro de Estudos em Geografia e Ordenamento do Território (CEGOT) da Universidade de Coimbra.  

Abordei nesta tertúlia a ligação secular do Vinho do Porto às Terras de Santa Maria, nomeadamente através do Porto Carvoeiro (Canedo – Santa Maria da Feira), onde os rabelos faziam escala. Por outro lado, falei da tanoaria de Esmoriz, onde se fabricam ainda as barricas e os tonéis do vinho do Porto e, inevitavelmente, sobre a grandeza da cortiça cujo maior centro manufactureiro a nível mundial se encontra no concelho de Santa Maria da Feira”, disse Roberto Carlos.

Moderaram esta tertúlia, que decorreu em Madrid, os empresários aveirenses Edgar Fonseca e Sandra Almeida, proprietários de várias empresas em Espanha direccionadas para a comercialização e produtos de origem portuguesa, destacando-se o Café e a Librería Del Mercado San Miguel.

O evento terminou com provas de vinho e sangria de Vinho do Porto e ainda de queijos da LACTIMAF, uma das empresas portuguesas de referência na área dos lacticínios sedeada em Santa Maria da Feira.