Representantes das empresas envolvidas Representantes das empresas envolvidas EDVI

Economia, 3 de Março de 2011 

Por Redacção/EDVI

Privados adquirem 49 por cento do capital social da empresa pública intermunicipal “PERM”

A cerimónia de assinatura do contrato da parceria público-privada que permitiu a um conjunto de empresas da região a aquisição de 49 por cento do capital social da sociedade “PERM – Parque Empresarial de Recuperação de Materiais das Terras de Santa Maria, EIM” decorreu hoje na sede da Associação de Municípios das Terras de Santa Maria (AMTSM), em S. João da Madeira.

A AMTSM detinha a totalidade da participação na “PERM”, constituída em 2009 para assumir a criação, gestão e dinamização de áreas de acolhimento empresarial, incluindo o Parque Empresarial de Recuperação de Materiais, que ficará situado na freguesia de Pigeiros, em Santa Maria da Feira.

Não podemos deixar de enaltecer o facto de, em momentos de crise económico-financeira, existir um consórcio privado que está super-motivado para em conjunto com a AMTSM resolver este problema muito grave do ponto de vista ambiental”, afirmou o presidente da associação de municípios, Hermínio Loureiro.

Para Gaspar Borges, em representação do grupo de empresas que passa a deter 49 por cento do capital social da “PERM”, a parceria público-privada agora celebrada traduz-se num “acto relevante para a execução da infra-estrutura”.

A criação deste parque empresarial vai permitir o desenvolvimento ordenado de um sector de actividade importante para a região”, referiu.  

O conselho de administração da empresa pública intermunicipal é presidido por Emídio Sousa (actual vereador na autarquia de Santa Maria da Feira), que considerou esta parceria “fundamental para a concretização da iniciativa”, realizada num modelo “exemplar a nível do País”.

Temos a candidatura aprovada, faltando apenas a assinatura do contrato de financiamento no sentido de avançarmos com a obra ainda durante este ano”, salientou.