A construção da via foi suspensa pelo Governo no passado ano A construção da via foi suspensa pelo Governo no passado ano EDVI

Arouca, 16 de Fevereiro de 2011 

Por Redacção/EDVI

Petição online pela construção da via Feira/Arouca

As câmaras de Arouca e de Santa Maria da Feira lançaram uma petição online para pressionar a Assembleia da República a retomar a discussão em torno da construção da via de ligação Feira/Arouca, suspensa pelo Governo em 2010, no âmbito do processo Concessão Vouga.

A petição, que elenca o histórico de compromissos assumidos pelos sucessivos governantes para a construção desta via – “uma aspiração dos dois municípios desde há muito tempo” -, vinca a importância da ligação de Arouca ao nó do IP1/Santa Maria da Feira.

A resolução do problema gerado com o exponencial aumento de tráfego a afluir ao concelho feirense – por via da construção dos nós do IP1 e da A29 – e a legítima aspiração arouquense de chegar com maior facilidade aos grandes eixos rodoviários estão na base da antiga reivindicação”, lê-se no documento dirigido ao presidente da Assembleia da República.

A Associação de Municípios das Terras de Santa Maria junta-se às entidades que reivindicam esta ligação. “Estão previstos vários nós de ligação ao longo deste troço, que irão permitir que as várias áreas industriais abrangidas por aquele eixo rodoviário possam ter um melhor acesso com as naturais consequências que tal situação acarreta em benefícios económicos”, sustenta a petição.

Os presidentes das câmaras de Entre Douro e Vouga (Santa Maria da Feira, Arouca, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra), Rui Rio, presidente da Junta Metropolitana do Porto, e Hermínio Loureiro, presidente da Associação de Municípios das Terras de Santa Maria, são os primeiros signatários da petição.