Hermínio Loureiro: “A intervenção pretende ser o motor de um projecto de valorização abrangente” Hermínio Loureiro: “A intervenção pretende ser o motor de um projecto de valorização abrangente” D.R.

Oliveira de Azeméis, 4 de Fevereiro de 2011 

Por Redacção

Margens do «Caima» renovadas até final do ano

As obras de requalificação foram adjudicadas pela autarquia por um valor 25 por cento abaixo do preço-base do concurso, disse hoje o presidente do município, Hermínio Loureiro, durante a cerimónia de assinatura do contrato de empreitada de recuperação das margens do rio Caima, um investimento de 721 mil euros.

O projecto insere-se na aposta e na valorização do turismo, uma área estratégica para o concelho de Oliveira de Azeméis, acrescida com a responsabilidade do município integrar a Área Metropolitana do Porto”, afirmou o autarca.

A intervenção pretende ser o motor de um projecto de valorização abrangente, onde são bem evidentes as preocupações ambientais através da construção de um eco-hotel, o primeiro investimento privado em Portugal que irá funcionar integralmente com energias renováveis”, sublinhou.

A empreitada – que irá requalificar ambientalmente 16 hectares de terreno da freguesia de Palmaz - envolve a valorização da zona entre a antiga fábrica de papel do Caima e o açude do Areínho e resulta de uma parceria público-privada em que intervêm a autarquia, a Área Metropolitana do Porto e os proprietários dos terrenos.

As obras ficarão concluídas até ao final de 2011.