Mafalda Arnauth lançou em Portugal, em Outubro passado, o seu mais recente disco, intitulado “Fadas” Mafalda Arnauth lançou em Portugal, em Outubro passado, o seu mais recente disco, intitulado “Fadas” D.R.

Cultura, 28 de Dezembro de 2010 

Por Redacção/EDVI

Mafalda Arnauth é cabeça de cartaz nas “Fogaceiras”

A artista sobe ao palco, pelas 21:45, para um tributo às mulheres que mais influenciaram o seu percurso artístico.

Mafalda Arnauth lançou em Portugal, em Outubro passado, o seu mais recente disco, intitulado “Fadas”.

Os bilhetes para o espectáculo estão à venda no Posto de Turismo de Santa Maria da Feira.

A Festa das Fogaceiras – considerada uma das manifestações culturais e religiosas mais importantes do país – decorre todos os anos a 20 de Janeiro.

A romaria teve origem num voto ao mártir S. Sebastião, em 1505, altura em que a região foi assolada por um surto de peste que dizimou parte da população. Em troca de protecção, o povo prometeu ao santo a oferta de um pão doce chamado fogaça.

S. Sebastião, que segundo a lenda padeceu de todos os sofrimentos aquando do seu martírio em nome da fé cristã, tornou-se, assim, o santo padroeiro do então condado da Feira.

No cumprimento do voto, os ofertantes incorporavam-se numa procissão que saía do Paço dos Condes e seguia pela Igreja do Convento do Espírito Santo (Lóios), onde eram benzidas as fogaças, divididas em fatias, posteriormente repartidas pelo povo.