Isabel del Rio de la Hoz (docente na Universidade Rey Juan Carlos) e o historiador Roberto Carlos Reis Isabel del Rio de la Hoz (docente na Universidade Rey Juan Carlos) e o historiador Roberto Carlos Reis D.R.

Santa Maria da Feira, 19 de Dezembro de 2010 

Por Redacção

Fogaça de Santa Maria da Feira apreciada em Madrid

A iniciativa “Portugal em Madrid” envolveu o Centro de Estudos em Geografia e Ordenamento do Território (CEGOT) da Universidade de Coimbra - onde o historiador Roberto Carlos Reis, de Santa Maria da Feira, está a fazer um doutoramento em turismo, lazer e cultura -, tendo resultado de uma parceria com a Universidade Rey Juan Carlos (Madrid).

O nosso património cultural tangível e intangível deve ser valorizado porque tem um potencial extraordinário e sabemos, claramente, que potenciando estas áreas para o turismo vai trazer crescimento económico e empregabilidade, permitindo o crescimento da nossa economia”, disse Roberto Carlos Reis, que tem apresentado no estabelecimento de ensino madrileno – a convite da docente Isabel del Rio de la Hoz – uma série de conferências sobre património, cultura e turismo de Portugal.  

“Portugal em Madrid” decorreu no Campus Fuenlabrada da própria universidade (na sexta-feira) – com a presença de investigadores, alunos e professores da instituição da área do turismo, cultura, desenvolvimento económico e do património – e na Livraria do Mercado San Miguel (no sábado), dedicada à gastronomia e aos vinhos, sendo propriedade de Edgar Fonseca, um empresário português natural de Aveiro.

Isabel del Rio e Roberto Carlos Reis apresentaram nos dois eventos comunicações, subordinadas aos temas turismo e património espanhol e turismo e património português, culminando com a prova da fogaça, do queijo, dos enchidos e do vinho do Porto.